Você sabe o que são PANCS?

Muitas pessoas acham que esse tipo de plantas são sinônimos e “comer mato” , na realidade elas fazem parte de uma revolução na alimentação saudável.

Tipos de PANCs

Hoje em dia, todo mundo quer ser mais “saudável” e comer melhor para poder viver mais? Claro que existem exceções, mas não com a galera da Confeitaria Inclusiva , somos super fãs de uma PANC, as chamadas Plantas Alimentícias Não Convencionais, elas possuem um potencial alimentício absurdo, são orgânicas, feitas sem agrotóxicos (de preferência ) .

Quando nos falamos da questão Alimentícia, queremos dizer que podem ser usadas na alimentação como as verduras, hortaliças, frutas, castanhas, cereais, condimentos e até como corante naturais. Já quando nos pensamos no significado de ser Não Convencional queremos dizer que não são produzidas ou comercializadas em grande escala. Sempre será uma produção local.

Valdely Ferreira Kimupp lançando o livro sobre PANCs

As plantas sempre existiram , mas o termo é recente e surgiu de um botânico, professor e investigador chamado Valdely Ferreira Kimupp quando defendeu sua tese de doutorado na Universidade do Rio Grande do Sul em 2014. Segundo ele, todas as regiões do nosso país e do mundo possuem um grande potencial para explorar todos os tipos, sejam elas nativas ou não. E uma grande vantagem é que aproveitam aquelas áreas que ficam improdutivas do campo.

Exemplos de Pancs

Como exemplo, temos a rúcula que antes era considerada um “matinho”, hoje é artigo de luxo em uma pizza , uma pasta com alho e queijo pecorino ou até como uma saladinha básica acompanhada de tomate cherry e um pouquinho de azeite . Hoje, as pessoas estão começando a descobrir a importância de se aproveitar todo o potencial de uma planta, por isso separamos algumas dúvidas que , provavelmente você deve ter sobre elas:

As PANC são apenas matos ou plantas que nascem sozinhas?
Muitas plantas não convencionais, como a serralha, a beldroega, o picão e
o caruru, são de fato espontâneas e nascem sem que ninguém precise plantá-las. Elas representam uma pequena parte das plantas que podemos consumir. Incluem-se nessa lista variedades de plantas cultivadas, que não são espontâneas, como verduras asiáticas, hortaliças africanas e legumes europeus.

Todo mato é PANC?
Muitas das plantas que nascem sozinhas em praças, calçadas, jardins e
hortas não são comestíveis. Algumas delas são medicinais, mas não são adequadas para a alimentação humana. Isso não quer dizer que não tenham utilidade – são fonte de abrigo e alimento para diversos insetos e animais e ajudam no equilíbrio do ambiente.

As PANC são amargas?
Esse é um mito que precisa ser quebrado. Algumas plantas, como a serralha,
pincel-de-estudante, alface-do-mato, alface silvestre, radite, dente-de-leão e crepe-do-japão. são amargas e também são parentes da escarola, da catalonha e do almeirão. Mas a grande maioria das hortaliças não são amargas, pelo contrário, são saborosas e versáteis na cozinha.

Como consumir as PANCs?
Cada planta é um ingrediente que tem a sua peculiaridade e sua forma própria de consumo. Existem três maneiras de prepará-las:
• As que são consumidas in natura, na forma de suco ou salada. Muito
similares ao mamão, alface e pepino.
• As que podem ser consumidas tanto na modalidade anterior quanto processadas, só que ficam mais agradáveis e saborosas quando cozidas ou refogadas. Seria a mesma forma de preparo da couve, da abobrinha e da escarola.
• E as que precisam obrigatoriamente passar por cozimento. Essa exigência
é similar à da mandioca, do espinafre e da batata-doce, que devem ser
consumidas cozidas.

Prato elaborado com PANCs.

Elas são um avanço da humanidade em relação aos estragos que fizemos à Mãe Terra durante anos . Onde existir um pedaço de terra sempre haverá uma PANC e ela poderá matar a fome de muita gente .

Tipo de PANC

A lista é bem larga começando pelas mais conhecidas como a Taioba, Erva Luísa, Ora -Pró-Nobis , Dente-de-leão, Hibisco, Urtiga, Jaca, Picão e muitas outras, estima-se que existem mais de 10.000 tipos de plantas com potencial alimentício e a maioria é comestível. E para fechar com chave de ouro esse assunto delicioso (que ainda ainda fiquei com vontade de escrever mais ) convidamos a Chef Mel Marques, proprietária da Fun_ Food_Comidinhas (uma empresa inovadora do ramo da Cozinha/Confeitaria Inclusiva e que defende as causas ambientais) para fazer uma receita deliciosa de uma Pasta de Girassol que pode substituir aquela manteiga tradicional, em uma LIVE HOJE com a Chef Pri Lorente às 15hs no Instagram . Te esperamos lá !

Sementes de Girassol

PASTA DE GIRASSOL E AZEITONAS PRETAS

Ingredientes

  • 130 gr de sementes de girassol demolhadas (ou uma xícara)
  • 100 ml de água (ou uma xícara)
  • 1 dente de alho (é opcional) e temperos da sua preferência
  • Suco de 1/2 limão
  • 45 ml de azeite (ou 3 colheres de sopa)
  • 5 gr de sal (ou 1 colher de chá)
  • Azeitonas à gosto.

MODO DE PREPARO: Deixe as sementes de girassol de molho de um dia para o outro, ou por pelo menos 8 horas. Retire as peles que ficaram boiando na água, escorra a lave em água corrente. Coloque no liquidificado ou processador com um pouco de água filtrada e o restante dos ingrediente exceto a azeitona. Bata até formar uma pasta homogênea e cremosa. Se precisar adicione mais água . Misture as azeitonas picadas e coloque mais sal se quiser.

#boraincluir #blogboraincluir #chefprilorente

#academiadeconfeitariainclusivaonline/prilorente

#funfoodcomidinhas

#chefmelmarques #pancs #plantbased

Fonte: Cartilha – Guia Prático das PANCs gentilmente cedido pela Chef Mel Marques da Fun_ Food_ Comidinhas .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: