Sua marca gera uma boa memória afetiva para seus clientes?

Aquele cheiro de bolo da vovó ou da mãe, o doce especial que é tradição na sua família no Natal, a música, filme ou qualquer coisa que possa te levar à alguma emoção perdida no seu cérebro.

Ah! Essa tal memória afetiva… passam os anos e ela continua ali, intacta dentro da gente. E faz com que procuremos inspirações nas nossas lembranças que normalmente são da infância e, mesmo sem querer influenciam o que consumimos hoje.

Chef Pri Lorente escrevendo o nome da sua filha no muro da casa da avó.

O quintal da vovó onde a Priscila costumava pintar o seu mundo infantil em um muro ( ela pintava mesmo kkkk) era o cenário de muitas recordações que começavam em colher as uvas no pé, cuidar da horta, subir na goiabeira e até construir um acessório com garrafa pet para pegar a fruta (quanta tecnologia hein). E toda essa brincadeira da criançada era recompensada pela bisa mineira com muita goiabada cascão e pão de batata recheado para o lanche da tarde, que delícia né?

Chef Pri Lorente desenhando no muro da casa da sua avó

No mercado de produtos inclusivos a memória afetiva é uma coisa de extrema relevância , porque a mãe de alérgico quando vai comprar um produto está preocupada com as recordações de alimentos que o seu filho/a não poderá ter por causa da alergia alimentar.

Caminhão da Coca-Cola no Natal

Esse conceito também é cultivado dentro de muitas marcas famosas como Coca-Cola, por exemplo, que sempre se preocupou em desenvolver a memória afetiva do seu público. Você certamente se recorda de já ter visto em algum momento, os caminhões decorados com luzes que a empresa colocava para circular nas ruas em várias cidades brasileiras na época do Natal.

É preciso entender que cultivar a memória afetiva do nosso cliente é super importante para que uma marca consiga se posicionar no mercado.

A divulgação de que um produto foi pensado para lembrar de algum elemento afetivo, sempre vai trazer sentimento de empatia para esse possível consumidor. E isso pode e deve ser explorado nas campanhas publicitárias com vídeos e fotos .

Frase afetiva

Se você tem uma loja física por exemplo, também pode utilizar o que chamamos e marketing sensorial também conhecido como “marketing dos sentidos”, que pode ser feito de diferentes maneiras. Uma delas, por exemplo, seria colocar uma playlist de músicas especialmente criada de acordo com os valores da sua marca . Também se poderia desenvolver o que chamamos de assinatura sonora , que é uma breve frase ou som reproduzido após todos os comunicados ou peças publicitárias de uma marca. Por exemplo, sempre que alguém ouve “creative technology”, é fácil associá-lo a marca Citroën ;).

Invista também em anúncios em vídeo do tipo antes e depois (um exemplo clássico é mostrar o começo da sua carreira como empreendedora do mercado inclusivo e sua pequena cozinha e agora sua loja já montada ). As pessoas gostam de ver isso, porque ativa exatamente a parte do nosso cérebro que chamamos de “primitiva” (é ela que capta apenas emoções e responde por 80% da nossa decisão de compra), em outra palavras é aquele tal impulso consumista. É interessante também relatar essa afetividade por todos os canais de comunicação que sua empresa utiliza.

Camila , proprietária da DaLuSemLeite de Sorocaba/SP

A Camila Gouveia, proprietária da DaLusemleite de Sorocaba/SP, utiliza bastante esse conceito dentro dos seus canais vendas. Para ela a comida é a memória afetiva mais doce da sua infância. Se resume naquele almoço de domingo na casa vó, os lanchinhos da escola e os doces que ela comia no final de semana.

Uma das sua guloseimas preferidas era a pipoca doce, que sempre estava em todos os lugares onde ela frequentava (casa da vó, brincadeiras com o irmão, saídas da escola, parquinhos e festas comemorativas). Aquele carrinho do pipoqueiro recheado de cores captava sua atenção pelo cheiro (olha aí o mkt sensorial) , fazia seus olhinhos brilharem de emoção terminando naquela vontade louca de devorar um saquinho, claro.

Hoje, com duas filhas ela já não consegue comprar uma simples pipoca colorida na rua que seja “segura” para o consumo das suas princesas. Então, surgiu a ideia de convidá-la para fazer essa receita HOJE com a gente em uma LIVE às 16hs no Instagram da Chef Pri Lorente. Segue a receita da Pipoca doce da Dalusemleite.

Pipoca Doce

Pipoca Doce Inclusiva DaLusemleite

Ingredientes

130 gr de milho de pipoca

100 gr de açúcar

70 ml de óleo

70 ml de água

10 gr de corante da sua preferência .

10 ml de leite de coco de uso culinário.

MODO DE PREPARO: Colocar tudo na panela e levar ao fogo, em 10 minutos a pipoca já começa a estourar, ir mexendo até não ouvir mais barulho. Retirar da panela e esperar esfriar um pouco.

#boraincluir#blogboraincluir#chefprilorente#dalusemleitesorocaba #confeitariainclusiva #pipocadoceinclusiva #docesveganos #alergicos #alergiaalimentar #semleite #docesinclusivos#arivasconceloscopy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: