Como substituir o leite de vaca por leite vegetal?

Existe coisa mais bonita do que uma mãe amamentando o filho? Claro que não, pois é dali que sai o alimento mais completo e nutritivo que existe para um bebê: o leite. E entre todos os mamíferos a regra é igual, ele é o alimento essencial para a sobrevivência da espécie.

Mas… quando introduzimos o leite de origem animal na nossa dieta aí começam os problemas, porque nosso corpo não está preparado digerir um leite diferente . E o resultado é uma série de distúrbios no organismo que podem ser imediatos ou não.

Leites Vegetais

Segundo nossa amiga Wikipédia também se denomina “leite” o suco de vegetais e frutas, são aqueles que nós usamos muito na Confeitaria Inclusiva, os leites vegetais ;). E para substituí-los é preciso levar em consideração dois fatores essenciais: o teor de gordura e de amido que cada um possui. O motivo disso é equilibrar esses dois itens dentro de uma receita, e como sempre o meu mantra da Confeitaria Inclusiva é :

“Toda substituição requer um reequilíbrio de ingredientes da receita”.

Leite de Castanha de Caju

Por exemplo, um leite de côco tem uma grande quantidade de gordura. Cada um têm sua característica própria. O leite de amêndoas, é o que mais se assemelha ao leite de vaca também é possui muita gordura junto com os de castanhas, côco, girassol e macadâmia.

A turma do “ricos em amido” são o de arroz e o leite de inhame. E os mais neutros são os de aveia e semente de melão (sim , é possível extrair um leite da semente de melão kkk). O meu preferido é o leite de arroz e côco porque contêm o amido e a gordura que precisamos na execução das nossas receitas inclusivas.

Existem nutricionistas que chamam de “bebida vegetal” , mas as vantagens são infinitas em comparação aos leites de origem animal. Vejamos algumas delas:

  • Podem ser consumidos por qualquer pessoa, desde que a mesma não apresente alergia ao vegetal utilizado para fazer o leite;
  • São ótimas opções de hidratação para se tomar ao longo do dia;
  • Para dietas com restrição de leite animal podem funcionar como substitutos em receitas como bolos, pães, cremes, tortas e outras;
  •  Não possuem gorduras saturadas, portanto não aumentam o colesterol ruim;
  •  São fontes de minerais como o potássio e vitaminas do complexo B;
  • Dependendo do vegetal utilizado para o preparo são ótimas fontes de fibra.

Se pode fazer “leite” de praticamente tudo a minha receita preferida é o Leite de Castanhas que você também pode fazer a versão com côco ou amêndoas.

Receita do Leite Vegetal de Castanha da Chef Pri Lorente

Uma parte de castanhas/ amêndoas / côco para 2 partes de água.
Deixar a oleaginosa hidratando em água filtrada por pelo menos 8 horas trocando a água a cada 2 horas.
Descartar a água da hidratação e bater em liquidificador com água filtrada e coar em pano se necessário.

Agora umas receitinhas extras de leites vegetais:

 Leite de soja: dentre os leites vegetais, o leite de soja é o mais mais conhecido. Para fazê-lo basta deixar a soja de molho durante 12 horas, bater no liquidificador com 3 partes de água para cada parte de soja, coar e cozinhar o líquido até a espuma sumir. Com o resíduo do leite, chamado okara, é possível fazer bolos, bolachas e até mesmo adicionar ao suco verde.

Leite de gergelim: o gergelim é um ótimo alimento para diminuir o colesterol ruim e, além disso, o seu leite apresenta mais cálcio que o leite de vaca. Para preparar o leite de gergelim você pode utilizar o gergelim preto ou bege. Deixe-o de molho de 8 à 12 horas, bata no liquidificador com 3 ou 4 partes de água e coe. Com o resíduo do leite é possível fazer uma ricota de gergelim.

Leite de linhaça: a linhaça tem a função adstringente, ou seja, é uma ótima aliada na perda de gordura. O uso dessa semente também está associado ao tratamento de problemas na pele como ressecamento, psoríase, acnes e alergias. Para fazer o leite de linhaça deixe as sementes hidratando em água durante 8 horas. Depois, bata bem no liquidificador a linhaça com água, utilizando 1 parte de água para cada 2 colheres de linhaça. Finalize coando. Para fazer uma variação também pode substituir a água por água de coco ou ainda por um chá de sua preferência ao fazer o leite de linhaça.

Leite de semente de abóbora: as sementes de abóboras muitas vezes são descartadas para apenas a polpa da abóbora ser consumida. É possível fazer um leite vegetal super nutritivo com essa semente que geralmente vai para o lixo. Para fazer esse leite basta deixar as sementes de molho por 12 horas. Para cada parte de sementes use 4 partes de água, bata no liquidificador e coe.

 Leite de aveia: a maior vantagem desse leite é o tempo de preparo. Diferente dos demais leites vegetais, a aveia não precisa ser deixada de molho, o leite não é cozido e o preparo é finalizado em poucos minutos. Para cada 2 partes de aveia em pó ou em flocos utilize 4 partes de água. Bata no liquidificador e coe. O leite dura aproximadamente 3 dias na geladeira.

 Leite de arroz: o leite de arroz é um dos leites vegetais com textura mais fina. Não é preciso deixar o arroz de molho, mas é preciso cozinhar. Para o preparo utilize 1 litro de água para cada xícara de arroz, que pode ser branco ou integral. Cozinhe por 15 minutos, bata no liquidificador e coe.

 Leite de nozes: as propriedades medicinais das nozes são muitas. Entre elas estão a redução do risco de diabetes e o aumento nos níveis de serotonina, responsáveis pelo bom humor. Para fazer o leite de nozes basta bater 2 copos de água para cada copo de nozes e coar até obter a textura desejada.

 Leite de girassol e inhame: esse leite é muito energético e ótima fonte de vitamina E. Para prepará-lo deixe as sementes de girassol de molho durante 12 horas. Depois, bata as sementes de girassol com água e um inhame pequeno descascado e picado. O leite pode ser guardado por apenas um dia, na geladeira.

Leite de quinoa: o leite de quinoa é rápido e fácil de ser preparado. Utilize 2 xícaras de água para 4 colheres de quinoa. Coloque tudo dentro do liquidificador e deixe de molho durante 15 minutos. Depois bata durante 1 minuto e está pronto. Não é necessário coar.

#blogboraincluir #boraincluir

#chefprilorente #academiadeconfeitariainclusivaonline/prilorente

#leitesvegetais #arivasconcelocopy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: